Eduardo Marins cresceu ouvindo o rock dos anos 60 e 70.

Desde então passou a garimpar e pesquisar tudo que era pouco conhecido e principalmente o que era raro em matéria de Classic Rock.

Na década de 90, descobriu o "Rock Progressivo".

Além das tradicionais do eixo Inglaterra e Estados Unidos, conheceu bandas de diversos países ao redor do mundo.

Sua paixão pelo gênero desta época, virou seu principal hobby, colecionar Lps & Cds.

A ideia de criar o programa "Planeta Progressivo" surgiu da necessidade de encontrar uma forma de canalizar e usar todo o material de colecionador do gênero progressivo, apresentando a quem tem interesse neste estilo, o que de melhor foi produzido no mundo, principalmente na década de 70.